PRESENTES

PRESENTES - DECIMO TERCEIRO - AMIGO SECRETO

NATAL SIMBOLOS E TRADIÇÕES


PRESENTES


Outros dos rituais que nos enche de alegria (e por vezes de stress :-)) é a compra dos presentes. Quem não gosta de oferecer um presente aos seus familiares e, especialmente às crianças?
O comércio enche-se de montras atrativas e irresistíveis, que nos dificultam em muitas casos a escolha.
Mas o importante é não nos esquecermos de oferecer algo aqueles de quem gostamos, não importa se é cara ou barata, importa é se é dada com amor.
ORIGEM
O ato de trocar presentes entre aqueles que estão próximos uns dos outros é o mais antigo de todos os costumes do solstício do Inverno. As suas origens remotas podem ser seguidas até à Idade da Pedra Polida, há cerca de 10 mil anos, quando os seres humanos começaram a substituir a incerteza da vida caçadora, pelas garantias mais seguras da agricultura. O aparecimento da agricultura, traduziu-se pela primeira vez, num excedente de comida, o que tornou possível criar provisões de alimentos que ajudariam as pessoas durante os meses duros do Inverno.

Após terem passado os meses mais difíceis, a Primavera fazia os bons dias aparecerem e isso exigia uma grande celebração e uma maior descontração em relação às provisões acumuladas. Organizava-se uma festa.
Cada agricultor tinha as suas especialidades alimentares e preparava-se uma troca de alimentos. Desta maneira todos podiam gozar de uma rica variedade de pratos.

Esta troca de comida foi o costume original da troca de presentes no solstício do Inverno e transformou-se no núcleo central das festividades. Tudo o resto que se se desenvolveu mais tarde se centralizava em volta dela.
Ao longo dos séculos, a gama de presentes aumentou, passando a incluir outras coisas além da comida. Na Roma antiga, a cerimônia da entrega de presentes tornou-se altamente elaborada e atraiu muitas superstições.

Com a chegada da era cristã, o ritual extremamente popular da oferta de presentes esteve para ser abolido, no entanto, era um costume demasiado enraizado e não conseguiram os seus intentos. Então se os não podes vencer junta-te a eles, e foi isso que aconteceu, no seu novo contexto sagrado, da oferta de presentes de Natal, dizia-se agora que simbolizava a entrega de oferendas ao menino Jesus pelos Reis Magos, vindos do Oriente. A adoração dos magos materializou em ofertas: "Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra" – Mateus 2:11b. Os presentes têm também um sentido espiritual: o ouro significa que Cristo reinará como rei; o incenso, que Ele ministra como sacerdote; a mirra – uma substância amarga - , que Ele morreu como homem.

O grande e imerecido presente mesmo é Deus que nos oferece em Cristo: uma vida abundante e repleta de alegria. A troca de presentes entre as pessoas é uma forma de lembrar que a oferta generosa de Deus em Cristo é para todos. O simbolismo do presente não é que, egoisticamente, acumulemos um monte de presentes ou presenteemos com segundas intenções. O simbolismo do presente é a partilha que permite que pessoas excluídas tenham acesso à vida boa e abundante que Cristo trouxe para todos. Presentear o necessitado é abrir as portas para o Senhor nascer!
Os presentes dados às pessoas que se amam são símbolos de gratidão e reforçam os laços sociais.
Vive-se hoje em dia um consumismo desenfreado, que deturpa o espírito do Natal, e são os adultos quem mais contribui para isso. Estamos progressivamente a substituir o amor pelo dinheiro. Meditemos um pouco antes de gastarmos o subsídio de Natal.

E lembre-se o que importa não é o valor material mas o carinho e a mensagem contidos no cuidado com que você escolhe o presente. Se não sabes que presentear a teus seres mais queridos no Natal, presenteie-lhes teu amor.

O EMBRULHO

Por mais simples que seja o presente, capriche no embrulho. Ele irá enfeitar o canto destinado a estes, e evidenciará a sua vontade em agradar

LENDA:
PRESENTE LUMINOSO
Na França , conta-se que um homem muito pobre , chamado Florentin , queria presentear as crianças no dia de Natal . Sem recursos , usou um pinheiro , distribuiu nozes e maças em seus galhos e iluminou-o com velinhas . As crianças , fascinadas pelas luzes e pelo contraste de cores , vieram e dançaram em torno do pinheiro .

“Sugestões de presentes para o Natal:

Para seu inimigo, perdão. Para um oponente, tolerância. Para um amigo, seu coração. Para um cliente, serviço. Para tudo, caridade. Para toda criança, um exemplo bom. Para si, respeito .” - Oren Arnold





DÉCIMO TERCEIRO

SUBSÍDIO DE NATAL


Em 1899, F. W. Woolworth, foi a primeira pessoa a dar um bônus de ordenado nesta altura do ano. Ele deu aos seus empregados 5 dólares por cada ano de serviço. Este homem acreditava que desta forma tornava os trabalhadores mais felizes, o que refletia no trabalho.
Mais tarde este gesto deu origem às gorjetas.

Nesta altura do ano, começou por se dar gratificações às empregadas domésticas, aos empregados de restaurantes, cafés, etc. Hoje podemos ver em certas casas comerciais uma caixinha enfeitada, para as dádivas, e está escrito o seguinte, "Os empregados agradecem e desejam festas felizes".
As empresas também são obrigadas por lei a darem nesta altura do ano, um subsídio aos seus trabalhadores. A maior parte paga este subsídio em Novembro, para darem aos empregados a possibilidade de fazerem as suas compras e prepararem a celebração do Natal com a devida antecedência
.

 

 






AMIGO SECRETO OU OCULTO



No Brasil, é muito comum a prática entre amigos, funcionários de uma empresa, amigos e colegas de escola e na família, da brincadeira do amigo oculto (secreto). Essa brincadeira consiste de cada pessoa selecionar um nome de uma outra pessoa que esteja participando desta (obviamente a pessoa não pode sortear ela mesma) e presenteá-la no dia, ou na véspera. É comum que sejam dadas dicas sobre o amigo oculto, como características físicas ou qualidades, até que todos descubram quem é o amigo oculto. Alguns dizem características totalmente opostas para deixar a brincadeira ainda mais divertida.

 

ADVENTO      ARVORE DE NATAL       BONECO DE NEVE       CANÇÕES DE NATAL       CARTÃO DE NATAL 

CEIA DE NATAL       CONTOS DE NATAL       CORES DO NATAL       DECIMO TERCEIRO       DUENDES

ENFEITES       ESTRELA DE BELÉM      
GUIRLANDA      MEIAS NA LAREIRA       MENSAGENS DE NATAL 

MISSA DO GALO     MUSICAS DE NATAL     
NATIVIDADE     PAPAI NOEL     PRESENTES     PRESÉPIO
    
REIS MAGOS      RENAS E TRENO    SINOS     VELAS